DIETA RICA EM PROTEÍNA AJUDA A PREVENIR A PERDA DE MASSA MUSCULAR DURANTE EMAGRECIMENTO

.
Estudo publicado na revista The FASEB Journal demonstrou que o alto consumo de proteínas, em níveis superiores ao RDA (do inglês, Recommended Dietary Allowances, que significa ingestão diária recomendada), pode proteger a massa magra durante o processo de emagrecimento, em indivíduos que estão em dieta de restrição calórica e exercício físico.

O objetivo da pesquisa foi determinar os efeitos de diferentes níveis de proteína da dieta sobre a composição corporal e síntese de proteína muscular durante uma dieta para emagrecimento.


Trata-se de um estudo controlado e randomizado que avaliou 39 adultos (32 homens e 7 mulheres), com índice de massa corporal (IMC) entre 22 e 29 kg/m2. Os participantes foram distribuídos aleatoriamente em três grupos de oferta de proteína na dieta, que receberam durante 31 dias: 0,8 g de proteína/kg de peso corporal/dia (baseada na RDA), 1,6 g de proteína/kg de peso corporal/dia (que corresponde ao dobro da RDA) e 2,4 g de proteína/kg de peso corporal/dia (que corresponde a 3 vezes a RDA). Todos os participantes foram orientados a realizar exercícios físicos de intensidade moderada diariamente.

Os pesquisadores calcularam as necessidades energéticas diárias utilizando a calorimetria indireta. Com base nesse cálculo, foi realizada uma redução de 30% das calorias necessárias diariamente, com a finalidade de promover emagrecimento por déficit energético.

Entre todos os grupos do estudo houve uma perda de peso média de 3,2 kg após os 31 dias de restrição calórica, independente dos níveis de proteína na dieta. Entretanto, a perda de massa magra foi menor (p<0,05) e a perda de massa gorda foi superior (p<0,05) nos pacientes que receberam 1,6g de proteínas e 2,4g de proteína, em comparação com 0,8g de proteína. A resposta muscular anabólica a uma refeição rica em proteínas foi igual nos grupos que receberam 1,6 g e 2,4 g/kg de peso corporal/dia, enquanto que os participantes que consumiram apenas 0,8 g de proteína/kg de peso corporal por dia apresentou menor taxa de resposta anabólica.

“Em resumo, consumir o dobro da quantidade de proteína recomendada (1,6g/kg de peso corporal/dia) protege a massa magra e promove a perda de gordura corporal durante a perda de peso em curto prazo, provavelmente através da manutenção da sensibilidade muscular ao anabolismo pela ingestão de proteínas. No entanto, o consumo de proteínas na dieta de três vezes a RDA parece não conferir qualquer vantagem adicional de proteção”, comentam os autores.

“Portanto, os nossos resultados indicam que o consumo de proteínas na dieta de 1,6 g/kg de peso corporal por dia pode ser uma estratégia nutricional eficaz para proteger a massa magra em resposta ao déficit energético e a perda de peso”, concluem.

Referência(s)


Pasiakos SM, Cao JJ, Margolis LM, Sauter ER, Whigham LD, McClung JP, et al. Effects of high-protein diets on fat-free mass and muscle protein synthesis following weight loss: a randomized controlled trial. FASEB J. 2013;27(9):3837-47.