RECOMENDAÇÕES DO USO DO HMB NO EXERCÍCIO

.
A sociedade Internacional de Nutrição Esportiva publicou em fevereiro deste ano uma diretriz quanto ao uso do beta-hidroxi-beta-metilbutirato (HMB) na população fisicamente ativa e nos sedentários. Sendo as principais recomendações:
.
O HMB pode ser usado para melhorar a recuperação pós-treino, atenuando a lesão muscular.
O maior benefício do HMB ocorre se consumido próximo ao treino.
O HMB parece ser eficaz se consumido durante 2 semanas antes da prova.
A dose diária recomendada é de 38mg/Kg de peso corporal com o objetivo de melhorar a hipertrofia do músculo esquelético, força e potência.
Atualmente, existem duas formas de apresentação do HMB: ligado ao cálcio (HMB-Ca) e na sua forma livre (HMB-FA). O HMB-FA parece ter melhor absorção e retenção plasmática. No entanto, não existem dados suficientes para recomendar uma forma em detrimento da outra.
O HMB demonstrou aumentar a massa magra e a funcionalidade em idosos e populações sedentárias.
A associação da ingestão de HMB com programa de exercício estruturado pode resultar em maiores diminuições na massa gorda.
Os mecanismos de ação do HMB incluem inibição da proteólise e aumento da síntese de proteína.
O consumo crônico de HMB é seguro tanto em jovens quanto em idosos.
.
FONTE:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23374455