CÂNCER: CUIDADO NO PREPARO DO ALIMENTO



WORLD CANCER RESEARCH FUND, desaconselha preparações em temperaturas elevadas, pois produz componentes carcinogênicos (que causam câncer) na superfície dos alimentos e aumenta o risco de câncer.

      A presença de compostos citados, considerados potentes substâncias carcinogênicas, parece associar-se ao aumento de risco de câncer do trato gastrintestinal, por exemplo:
 

 O consumo regular de grelhados ou churrasco relaciona-se ao aumento de câncer de esôfago e de estômago;

 Preparações fritas, ao aumento de câncer colorretal e de laringe.
 

     Por isso, métodos de cocção que usam baixas temperaturas, como vapor, fervura, pochê, ensopado, guisado, cozido ou assado, são escolhas mais saudáveis.
 

OBS: O sal não é considerado carcinogênico, sua ingestão elevada pode ocasionar danos à mucosa protetora do estômago, funcionando como co-fator, juntamente com a infecção bacteriana (Heliobacter pylori), para o aparecimento de neoplasia de estômago.

FONTE:
 
Parte do texto retirado do livro "O QUE VOCÊ QUER SABER SOBRE NUTRIÇÃO. PERGUNTAS E RESPOSTAS COMENTADAS."
 
Editor: Fernando José de Nobrega. - Barueri, SP: Manole, 2008.
 
 
Um livro interessante com perguntas que abordam diferentes aspectos da nutrição e respostas comentadas e abrangentes, além de informações atualizadas e bibliografia diferenciada, seja altamente desejado.